Politicos-homens de bem: Junho 2005

segunda-feira, junho 27, 2005

 

SOLUÇÕES PARA O "DÉFICE"

Muito se tem falado no "DÉFICE"... quere-se dizer, é menor a receita que a despesa.
Parece-me também, que cada vez mais, a despesa do estado é maior. O governo já mostrou uma completa incompetência e falta de honestidade e moral na condução das contas do país.
Mas existe solução:
  1. Suspensão IMEDIATA do pagamento das reformas vitalícias dos políticos que não provieram de descontos efectuados no ambito da legislação NORMAL vingente.
  2. Rentabilidade dos diversos departamentos do estado no intuito de evitar sangramento dos dinheiros públicos; não se pode fazer viadutos pelo quádruplo do preço do concurso baseado em o que quer que seja. Os responsãveis devem imediatamente responder por essas "manobras" e repor o dinheiro.
  3. Avaliar de IMEDIATO o património das empresas, clubes de futebol, bares de putas, etc, que tenham dívidas ao fisco e à segurança social. Avaliar da rentabilidade desse património, quer seja para venda aluguer, utilização, ou o que for para os cofres do estado.
  4. Deixarmos de pensar em helicopteros e outros bens de necessidade duvidosa enquanto não houver dinheiro para isso.
  5. Obrigar os bancos a pagarem os impostos que pagam lá fora, na Europa. Acabar, DE IMEDIATO, com a baixa taxa de irc dos bancos e companhias de seguro.
  6. Renegociar o ALD dos automóveis atribuidos a cargos públicos de nomeação, ou não, politica, entregá-los e trocar por carros mais utilitários. (atenção, deve ser formada uma comissão de investigação entre os membros de partidos que não estejam no governo afim de garantir honestidade e não permitir "cambalachos" pois os elementos do governo não são de confiança.
  7. Reduzir o numero de deputados , para (pelo menos) metade, sem o pagamento das chorudas indemnizações em prática.
  8. Reduzir os ordenados dos políticos para metade, enquanto não atingirmos os valores do pacto de estabilidade
  9. Obrigar o primeiro ministro a explicar (uma a uma ) as nomeações que fez. No caso de pouca justificação, despedi-los de imediato.
  10. Repensar nas justificações da isenção dos impostos à PT e obrigá-la a pagar impostos, deixando de se justificar com os prejuizos no Brasil.

sexta-feira, junho 24, 2005

 

ESTA CARTA É PARA SI, SR SOCRATES


Sr Primeiro Ministro,
O sr não se enxerga..., aliás nem tem precisão nenhuma pois a oposição é a "cagada" que é... Tenho ouvido as suas intervenções e, cada vez mais, confirmo que, para além de não saber do que fala, mente e tem umas ideias que não lembravam ao diabo.
O que é para si um "DIREITO ADQUIRIDO"? É aquilo que mete ao bolso e já não pode ser tirado? O sr. e os seus capangas? Continua a pensar que o mal deste país está nos outros? Quanto é que o sr, recebe de reforma por ter sido um inítil? (leia-se, deputado).
Pois olhe, a si é que eu não queria ver no activo até aos 65 anos... aldra!!! Já faz porcaria suficiente em meses de suposto trabalho...
Agora, tem de aprender que, não se consegue uma solução para um problema sem se saber a causa desse problema. Não é inventar uma causa e repeti-la muitas vezes (para se tornar umaerdade) que lá vai...
Vá tratar das suas reformas e deixe quem sabe, trabalhar

segunda-feira, junho 20, 2005

 

NÃO SÃO DE BEM...MAS AMIGOS SÃO

Pessoas de bem, que são os nossos ministros... ainda não foi hámuito tempo que o nosso primeiro ministro foi confrontado com o record de nomeações ara este governo. Disse logo que não (embora os numeros não mintam) mas tratou logo de dizer que eram necessários. Pois claro que eram. Vejam este exemplo:
O seu grande amigo de escola, Fernando Serrasqueiro foi nomeado Secretário de estado do comércio e indústria, por sua vez, a esposa, Alice serrasqueiro foi para governadora civil e o cunhado, Sanches Pires passou a ser director do Hospital e director da ARS. Para não ficar por aqui, a cunhada da governadora civil foi nomeada directora do cae.
Jobs for the boys??? NÃO!! Jobs for the friends.
Aguardemos mais, que não faltarão com certeza, até porque irão ser necessárias para um bom funcionamento deste governo de pessoas de bem

 

AFINAL??

è cada vez mais referida a preocupação em arranjar bons governantes uma vez que lhes estão a cortar nas "massas" e eles, ganham muito mais na privada.
Mas afinal ganham mesmo??? Na privada também dão reformas vitalícias de 8.000€ por 6 anos de trabalho? ou 15.000 € por 3 anos na CGD? Dão os BMW's topo de gama e que podem ficar com ele ao fim de alguns meses por importâncias irrisórias? Também têm cartão de crédito? Duvido. E se assim for, porque não ficam na privada? Sabem porquê?, porque lá não ganham metade e têm de trabalhar! Aliás nem sei porque se preocupam com a possibilidade dos nosso governantes competentes "fugirem" para a privada. Para a privada, onde? E algum deles foi alguma vez competente? Não tem vindo o país a deteriorar-se ano após ano? não são eles mesmo que dizem que os anterioes deram cabo disto...etc., e não estiveram lá todos? Então são todos iguais, muito pouco competentes, arrogantes, desonestos e não tentem enganar a gente com essa da privada... não há lugar para todos vós.A maior parte dos politicos nem sequer trabalhou numa empresa privada. Nunca fez nada na vida, foram simplesmente políticos!Ainda me lembro do grande gestor Angelo Correia a trabalhar na EPAC (isso era a privada?) e a receber "algum" da interbiz... porquê?
Aliás, os politicos só vão para cargos privados depois de passar pelo governo ou outros cargos publicos de nomeação politica, porque assim dão algum geito à privada... influências e conhecimentos, outros até montam negócios... vêm de um processo judicial onde os corruptores são presos e o coruupto é absolvido, empata o dinheiro em negócios privados (alguns como, campos de golf em reservas naturais).
Já não digo que deveria ser instituida a norma: trabalho igual, salário igual... senão qualquer trabalhador ganharia o triplo do ordenado de um politico; mas, por amora de deus, calem-se com isso da privada porque já ninguém cai nessa. Se não tiverem que fazer, vão à praia, pode ser que dêm algum rendimento aos "arrastões" que só roubam pataniscas de bacalhau, como dizia o outro...
Ah, e aproveitem e dêm banho ao cágado...

quinta-feira, junho 16, 2005

 

"HOMENS DE BEM" E INTELIGENTES...

Eles (os politicos) são mesmo "Homens de bem"; e ainda por cima são muito mais espertos que o comum dos pacóvios.
Leiam o "INDEPENDENTE" de 17 de junho e logo verão.
Eu diria mais; neste momento não é necessário especular muito para se saber quem realmente deu cabo disto tudo. Quem delapidou Portugal, ou melhor, as finanças de Portugal!
Foram os meninos da politica que estão no Banco de Portugal!! E quase todos por lá passam! e ainda continuam a dizer que não se ganha dinheiro na politica!!!!! Só para exemplo, o ordenado do Governador do Banco de Portugal é sensivelmente o dobro do ordenado do seu colega dos Estados Unidos. Nesse clube privado (Banco de Portugal)acumulam-se pensões chorudas com ordenados ainda mais chorudosque vão gerar mais pensões (são cumulativas) chorudas.Quem não sabe que o sr Antonio Marta se reformou do clube privado do Banco de Portugal com uma reforma de..., não se sabe pois segundo o "INDEPENDENTE", ele não adeclarou nos rendimentos, mas continuou atrabalar no mesmo banco e a ganhar um ordenado de 3.500 contos/mês.
Os ordenados do Governador, de todos os que por lá passaram como o Campos eCunha, Antonio de Sousa, etc, para além de terem ficado com "subvenções" vitalícias de milhares de contos/mês, tudo somado dá de certeza um rombo nas finanças do país que é obra. Não se pode ter dinheiro com esse esnbanjamento. Só este ano foram comprados para o Banco de Portugal 60 viaturas topo de gama. Até o motorista do Sr Const^ncio tem carro próprio atribuido pelo banco.
Está na hora de irmos buscar esse dinheiro. Não é dizer que para o futuro não vai haver mais disso, não! até que as medidas que o bem-aventurado Campos e Cunha anunciou não incluem o "clube privado". Aí pode-se continuar a roubar Portugal legalmente. (apenas 5 pessoas do Bnaco de Portugal representam mais de 1,5 milhões de Euros/ano em ordenados, fora as reformas...).
Quando é que acabam as despesas, o dinheiro seja reposto e as pessoas vão presas?
Abençoados FP25's

terça-feira, junho 14, 2005

 

COLOCAÇÕES (LEGAIS)

O nosso bem-amado governo já bateu todos os recordes de nomeações, em apenas 2 meses e meio! São 1094!! Ainda dizem que não trabalham... 13 nomeações por dia é obra! Nem os "Amaricanos".
Para quem já viu e ouviu o Sr Sócrates "refilar" com as colocções efectuadas por outros governos, só agora é que se percebe... Segundo o Sr Sócrates, quando interpelado sobre o assunto, respondeu que NÃO!, só foram feitas as necessárias; portanto ele dantes refilava porque os outros governos não faziam as necessárias, ficavam aquém...
Eh pá... pelo andar da carroça, talvez me toque alguma coisa... ir, por exemplo, para presidente de uma comissão de fisica nuclear, sei lá... não percebo nada disso, mas também não é preciso; perguntem ao Fernando Gomes...
Mas há que saber (segundo disse o ministro, que as colocações são todas LEGAIS!!!
O ilegal aqui, sou eu...

 

"HOMENS DE BEM" II

O QUE FAÇO PELO MEU PAÍS...
Sim, o país está em crise. Não tem dinheiro, as despesas são maiores que as receitas... então tomem-se medidas para que isso não volte a acontecer mas, o que fazer agora neste momento?
O "povão" faz aquilo que o obrigam a fazer; agora trabalham até aos 70 anos, acabam-se com as reformas antecipadas (de direito próprio), bastando para isso acabar ou mudar as leis vingentes, e mais nada! Não ajudamos! Cumprimos o que nos obrigam a cumprir. Dar do meu bolso??? O que é lá isso? Precisa? vá gamar... Era assim que trataríamos um amigo que estivesse "de aflitos", olha, faríamos como Cristo: "não lhe dou um peixe, ensino-o a pescar" (claro que vai morrer à fome, mas na próxima reencarnação até já sabe pescar). E se lhe desse, pelo menos, um peixe antes de o ensinar a pescar? Não se perdia o ensinamento...
Os políticos? O que fazem? Dão algum do bolso deles? Prescindem de algum direito legalmente adquirido? Ou será que até nem é preciso? Fazem simplesmete aquilo para o qual até são pagos para fazer... governar; mas ajudar!!!... aldra!!! o que é meu, é meu e tenho todo o direito (legal) de o ter.
Por isso meus amigos, eu NÃO AJUDO o meu país! Se pudesse até o enterrava mais.
Quem não tem pago impostos passa a ter de os pagar a partir de agora! esqueçamos o que lá vai... Nunca!!! é preciso reaver esse dinheiro.
As "benesses" dos politicos foram consideradas por eles mesmo como desajustadas e sem sentido (imorais), ainda que (legalmente) regulamentadas. Então vamos reaver esse dinheiro! já teriamos a divida pública quase paga... Nunca, o que lá vai, é para se manter porque, quem parte e reparte e não fica com a melhor parte, ou é tolo, ou não tem arte.


segunda-feira, junho 13, 2005

 

"HOMENS DE BEM"

Larga o Sr Durão Barroso um barco a afundar (ele não enganou ninguém) e ruma à Europa como 3ª escolha para um cargo que só enaltece Portugal...A ele não enaltece, dá-lhe umas "massarocas", que por acaso até nem é coisa que ele procure, só que dá muito geito.
Portugal sai engrandecido com a figura do nosso cherne e... pasme-se, ou por outra, não é de pasmar... penso que pela primeira vez na história da comissão europeia, o presidente é alvo de uma tentativa de censura e inquérito por actos, no mínimo, esquisitos para os europeus (além fronteiras). Alguém se esqueceu de lhe dizer que aqueles comportamentos só resultam em Portugal. Lá fora, os politicos, têm um bocado mais seriedade e não fica bem serem apontados por actos que se possam identificar com a corrupção.
Claro que a própria comissão lá o safou.Afinal tão amigo que ele era do grego, só que ninguém sabia. Aliás pela primeira vez foi passear no iate do amigo... que conveniente... por acaso o amigo até tinha uns negócios com a união europeia.
Mas que é um homem de bem, lá isso, é. Burro foi o outro do Luxemburgo que, antes dele, recusou o convite porque foi nomeado primeiro ministro no país dele e, segundo opinião dele, tinha um compromisso com o pais.
Vamos lá a ver se o Sr Guterres se porta melhor. Muito não vai ele fazer porque não sabe, mas pelo menos, que não seja apanhado a gamar.

domingo, junho 12, 2005

 

OS ORDENADOS DOS POLITICOS

Não foi há muito tempo que ouvi (e vi) o "vice-rei" da ilha da Madeira dizer que os politicos são mal pagos. Ora o governo central devia tomar conta deste problema; ié, para já, como o Sr Alberto João tem muitos anos de emprego no Governo regional, dava-lhe uma reforma por cada 6 anos... tal como o ministro das finanças (têm de ser uns para os outros... ou há moralidade, ou...), assim ele teria pelo menos 3 reformas para se poder vestir.
Quanto ao ordenado, sim, porque as reformas são automáticas e se o homem não estiver atento, nem repara no numero de reformas que entra, continuando no emprego, dizia eu, quanto ao ordenado, o palhaço da madeira devia ser aumentado para (pelo menos) 3 vezes o ordenado médio do país; assim ele já poderia comprar calçado. Finalmente, quando esse palhaço, finalmente, deixasse o emprego, receberia a título de gratidão pela obra que poderia ter feito, uma nota de € 5 por cada baboseira que tivesse dito. Ficaria rico...
Alberto João Jardim, vai dar banho ao cágado!!!

sábado, junho 11, 2005

 

LEGALIDADE E/OU MORALIDADE

Acabaram-se as reformas antecipadas! Assim, o governo não vai buscar dinheiro, mas, pelo menos, não irá gastar no futuro. Continuará a gastar com as reformas chorudas que paga aos politicos que se reformaram com poucos anos de trabalho e com menos de 50 anos (alguns) mas certamente, com menos que a idade minima para qualquer um de nós poder ser reformado e ainda por cima, sem terem feitos descontos correspondentes a essas reformas. Ah!, desculpem, subvenções vitalícias... não é bem reforma...é assim tipo PIDE/ DGS.
Ora, o dinheiro que irá ser usado para pagar a minha reforma é meu! fui eu que descontei para o efeito. Se quisesse ir para a reforma antecipadamente, a lei previa que seria penalizado, não porque me quisessem castigar por ficar em casa sem fazer nada, mas porque não teria descontado o suficiente, uma vez que interromperia esses descontos. Tudo certo. Mas a lei autorizava-me em casos especiais. Era legal!.
O dinheiro que está a ser usado para pagar as reformas dos senhores da politica não é deles! Também é meu! Eles não descontaram para receber as tais subvenções. Mas está na lei... é legal!
Resolve-se o assunto. Acaba-se com a lei que me dava o tal direito a prescindir do total da minha reforma optando por receber apenas uma parte (bem mais pequena) e "vai trabalhar até aos 65 anos"!! O ministro das finanças ainda disse na televisão que tudo se manteria até ao fim do corrente ano... mas não! afinal é imediato! Nem se fala mais no assunto.
Também há que moralizar o sector politico e acabar com as "benesses" dos guardiões da pátria. Mas as medidas ainda não se aplicam a estes deputados ou ministros ou outros trabalhadores; não, é só para os que vêm a seguir. E continuamos a pagar as reformas deles com o nosso dinheiro. Está na lei - é legal! Então eles que até nem ligam ao dinheiro... sim, pois até dizem que são mal pagos e que ganham muito menos que na privada... mas olhem que o Sr Freitas do Amaral que, por ter sido nomeado uma coisa qualquer lá para os lados da ONU, deixou o lugar de deputado na assembleia da república, mas quando faltavam alguns dias para perfazer o tempo minimo necessário para ter uma reforma... zás, correu com o seu sucessor do lugar de deputado, sentou lá o cu alguns dias e "prontes" já cá mora!!!
Já vimos que para isto tudo, legalidade existe. E moralidade??? O ministro que nos corta com "previlégios", reformas e nos manda apertar o cinto, tem uma reforma de 8.000 € por ter trabalhado 6 anos no Banco de Portugal e acumula com o ordenado de ministro e mais as regalias de ministro. Agora vai ter de fazer contas e ver onde vai tirar 2/3. Se da reforma, se do ordenado... o que der mais dinheiro..., também teve o cuidado de não mexer no local das grandes benesses dos politicos, nem tocar nessas benesses: o Banco de Portugal; que o digam os cavacos, as Ferreira leites, os Campos e cunhas, etc... Aí não, fica tudo na mesma!! Aldra, olha o nosso!! É um direito adquirido!! Reformam-se do BP e continuam lá... brutos carros e brutos ordenados a somar às pensões nada pequenas... optimos horários de trabalho grandes regalias (para alguns), sim, porque isso de se dizer que o Socialismo tende a acabar com as classes sociais é na Russia, ou na Conchichina ou lá onde for, aqui é que não! A lei não o permite...

sexta-feira, junho 10, 2005

 

COMPETITIVIDADE

Também..., também não temos..., nem nunca teremos! não sabemos trabalhar!! e se atendermos ao serviço público... então ainda pior. Só ouvimos dizer: "fizemos o nosso melhor..., com muito esforço..., lamentamos... (palavras, por exemplo, do ministro Antonio Costa quando foi confrontado com o falhanço total das medidas de combate aos incêndios), "é de enaltecer o esforço e o espirito de abnegação"...etc. Pois é meus amigos... não serve!. Se é o melhor que sabem e ainda foi feito com muito esforço... dêm lugar a outros porque não sabem fazer...
Hoje, um grupo estimado em 500 "pessoas", invadiu a praia de Carcavelos e, em grupos de 50 a 100, varreram a praia agredindo e roubando os banhistas. Essas 500 pessoas, apanharam o combóio no Cais do sodré, "pintaram a manta" durante a viagem, desembarcaram em Carcavelos, dirigiram-se para a praia e... NÃO FORAM DETECTADOS. Segundo últimas notícias, cerca de 90% dos "senhores" abandonaram a praia antes de vir a policia. Os restantes permaneceram na praia, desafiando as autoridades mas... não foram detidos.
Existem policias de patrulhamento nos combóios da linha! O que fizeram? Porque não alertaram as autoridades para o que poderia acontecer?.
Pois aqui é que o ministro, curiosamente, falha! Sim, falha porque a primeira coisa que deveria fazer agora, era levantar um inquérito à actuação das forças da autoridade. Não, não é para castigar ninguém!! É para saber quantas chamadas de alerta houveram para o 112, o que fez a policia que patrulha os combóios, porque não fez, porque não foram feiras detenções, porque deixaram sair os cerca de 10% dos meliantes, já que 90% já tinham "dado à sola", com as mochilas cheias de telemóveis roubados. Depois, correr com todos os dirigentes colocados em lugares para os quais não têm qualquer formação, aptidão e por vezes, nem idade, dar formação à policia e melhorar tudo! Produzir!!! Não é só ir almoçar lagosta à custa do erário público... é preciso trabalhar! não é mostrar ou fingir... trabalhar! Já vi este ministro noutros ministérios... também não deu resultado. Agora vamos dar-lhe o benefício da dúvida neste... depois, noutro; até que o mandamos para casa

 

PRODUTIVIDADE...

É sabido e um dado assente que os cidadãos menos produtivos deste país, são os políticos. Nada produzem e ganham "balúrdios", a despeito de referirem sempre, que na vida pública ganham menos que na vida privada; e ainda pedem para votarmos neles! (querem ganhar menos). Mas ganham quanto??? Aposto que nenhum deles aufere um "in come" inferior a 6.000 € mensais, mais mordomias, como sendo, carro (topo de gama), cartão de crédito, ficam com as viaturas (alguns, ao fim de poucos meses) por poucos milhares de Euros, etc., etc. Claro que as "subvenções" vitalícias também dão algum geito..., e tudo isso sem produzir nada!! Ainda acham que ganham mais na privada???? também não têm de produzir? e dão reformas por 3 anos de trabalho? Talvez se refiram aos cargos de "gestor" em empresas públicas... aí sim, não se poderá dizer que nada fizeram pois, são conhecidas as barracas que dão ao "gerir" essas empresas públicas... lembrem-se da TAP e outras. Nunca soube de um trabalho positivo. Se calhar até houve... eu não sei de nenhum.
Só que os politicos não sabem que têm de produzir também! porque até nem sabem como...
Por exemplo, o ministro Antonio Costa, tão engraçado, entrou de rompante e falhou em tudo! Os meios de combate a incêndios que ele prometeu estarem prontos no dia 1 de Junho (mais tarde diz que referiu a data 6 de Junho) poderão estar disponíveis a 16 de junho... falhou! e ainda o vi zangado a dizer a um indivíduo que anda lá pela assembleia naquelas palhaçadas chamadas "comissões" que não admitia que lhe chamassem mentiroso!!!! ele não mente! claro que também nada de grave aconteceu... milhares de hectares ardidos, casas em perigo, bombeiros a lutarem contra as chamas ao lado da população durante mais de 24 horas... mas, que diabo!!! nada de
mais.
Sabe-se agora, segundo a comunicação social, que os meios aéreos (que estão prontos, segundo o ministro) ainda não estão bem prontos... estar estão, só que não voam. Ah!, e a culpa é do antigo ministro que prometeu que os meios estariam prontos antes da época dos incêndios... Já sei! foram os burros dos bombeiros que mais uma vez, falharam... E ainda por cima agora, que até têm uma série de generais e comandantes de incêndios, protecções civis, combate não sei a quê... raios partam os bombeiros!!!!!!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?